Three Monkeys

cerveja artesanal estilo golden ale

Bernardo Costa e Silva, Leonardo Gil, Filipe Olive

Rio de Janeiro – RJ

threemonkeysbeer

Foto de perfil dos produtores

Em meados de 2012, Filipe, engenheiro, convidou dois amigos (o Bernardo, também engenheiro, e o Leonardo, publicitário) para aprenderem a produzir o que já adoravam consumir: cerveja. O curso, realizado no Alto do Joá, bairro cercado de verde na cidade do Rio, e ministrado pelo renomado mestre cervejeiro Leonardo Botto, tinha o objetivo de não apenas ensinar a teoria sobre a produção, mas de apresentar de maneira bem prática como fazer. A intenção dos amigos era produzir uma cerveja saborosa para compartilhar com outros amigos.

Foi também durante esse período que surgiu o nome. Em função do estilo escolhido, uma cerveja de origem belga, país conhecido pela cultura cervejeira e que possui muitos mosteiros produtores de cerveja, surgiu a ideia da Three Monks (Três Monges). Porém, durante o processo de brassagem (cozimento do malte para extrair os açúcares necessários à fermentação da cerveja), alguns macaquinhos deram o ar da graça ao redor da casa onde o curso acontecia e não paravam de olhar fixamente para a panela onde o processo acontecia. Foi então que os três amigos, sem a menor dúvida, decidiram transformar a Three Monks em Three Monkeys e a diversão virou negócio. Foi nesse momento que a eles se juntou o Antônio, que ajuda a fazer chegar o resultado dessa amizade aos melhores antros cervejeiros da cidade.

Com identidade própria, a Three Monkeys Golden Ale é uma cerveja que não se prende a estilos. A cerveja, de alta fermentação, apresenta uma coloração dourada e uma generosa camada de espuma cremosa. Traz em seu aroma um perfil harmônico entre o malte e o lúpulo, apresentando notas adocicadas na medida certa. O fino amargor equilibra as notas doces e maltadas. Com bom corpo, mas ainda assim refrescante, é uma cerveja agradável e muito fácil de beber.