Maxicana

cachaças e xaropes para cachaça

Sergio Lopes

Barra de Guaratiba – RJ

milaugusto

Foto de perfil dos produtores

Nós da Junta Local já carinhosamente apelidamos nosso amigo Sérgio Lopes da Maxicana de Professor Pardal da Cana. Conversar com ele é ter uma verdadeira aula sobre as nuances do processo de produção de cachaça — e também dos riscos de uma cachaça mal feita. Por exemplo, você sabia que a maioria das cachaças no Brasil possui um percentual muito além do recomendado de cobre, álcoois pesados e um troço chamado carbamato de etila? A mardita pode ser mardita de verdade por causa dessas substâncias.

Sérgio, que é engenheiro, entrou de cabeça no assunto, viajou para pesquisar e desenvolveu um método de produção que praticamente elimina esses componentes indesejados — o que rendeu sua cachaça uma certificação única dada pelo Ministério da Agricultura.

E assim, a cachaça que já é deliciosa, com a garantia de sua pureza, fica mais deliciosa ainda. Além disso, mais local que a Maxicana é difícil: o alambique e o cultivo da cana ficam a menos de uma hora do centro da cidade.

Sérgio participa da Junta Local com a cachaça Maxicana e uma linha de licores e aperitivos, como a Gabriela, com canela, cravo e melado.